Kinwica Resort: Paraíso de Nome e de Alma Hotéis

Kinwica Resort, Soyo - Zaire
 24/01/2019

Texto: Pedro Correia
Fotografia: Vasco Célio

Este artigo foi publicado na edição Agosto-Setembro 2016 da Revista Rotas & Sabores, parceiro de mídia do Luanda Nightlife. Leia a revista na sua íntegra aqui.

O poderoso rio Zaire estende as suas margens por entre o verde da paisagem da zona mais a Norte de Angola e num terno abraço envolve um dos lugares mais bonitos da cidade do Soyo.

Quem viajar para esta região do país pode encontrar no Kinwica Resort um verdadeiro refúgio para um fim-de-semana ou para umas férias mais prolongadas. Está situado à entrada da localidade, mesmo junto às águas do rio, o segundo maior de África e um dos mais caudalosos do mundo.

Em língua nacional Kikongo, falada em toda a região Norte de Angola, Kinwica significa “Paraíso”, nome que bem se aplica a este empreendimento turístico de excelência. Tem 37 quartos que encerram todas as comodidades necessárias em pequenas casas de madeira totalmente equipadas e decoradas num estilo rústico e tradicional angolano, dando uma verdadeira sensação de relaxe.

Pela manhã, o despertar é acompanhado pelo chilreio das dezenas de pássaros de várias espécies que povoam as árvores que dão um aspecto fresco à vasta área do resort que se estende até às margens calmas do Zaire ocupadas por mangais a perder de vista.

Ao longe, um pequeno porto onde, depois de um reconfortante pequeno-almoço, embarcamos numa viagem pela beleza ímpar dos muitos canais do rio e que nos leva igualmente à Ponta do Padrão, lugar onde há mais de 500 anos aportaram as primeiras caravelas portuguesas comandadas por Diogo Cão. Uma viagem com encontro marcado com outros episódios da História e que nos recordam a rota dos escravos ao passar por lugares onde os negreiros fundeavam à espera da carga humana levada como escrava para outros lugares do mundo.

No regresso, as opções abrem-se com um mergulho nas águas frescas da piscina junto ao bar, que serve saborosos e coloridos cocktails e refrescantes sumos naturais, uma ida ao ginásio e um relaxante banho com hidro-massagem no spa situado num pequeno recanto com vista para as margens do rio Zaire.

Num passeio pelo Kinwica entramos em contacto com a natureza e com recantos únicos como o que foi criado no cimo de um imbondeiro onde se pode relaxar em pequenos bancos de madeira numa esplanada com vista privilegiada para o rio Zaire.

Depois, é hora do almoço. O restaurante-bar, elegantemente decorado ao estilo tradicional de Angola, oferece um leque variado de opções gastronómicas, desde a lagosta fresca às mais doces sobremesas, passando pela cozinha angolana que oferece os melhores pratos da gastronomia tradicional.

Entre as sugestões do chef estão as tostas de atum, como entrada, apetitosos medalhões de lagosta com molho de cerveja, a colorida salada Zaire, a lagosta imperial, os filetes de cherne com banana frita e o molho de camarão e ainda uma grelhada mista de carnes, além do funge-com-todos aos fins-de-semana. Refeições sempre complementadas com as saborosas sobremesas do dia.

Para quem gosta de testar os seus dotes de cantor, ou quer simplesmente divertir-se com familiares e amigos, o Kinwica Resort reserva para as sextas-feiras noites especiais de karaoke.

Tome Nota

Como ir

Pode chegar ao Soyo, no Zaire, de avião. As opções variam entre a TAAG e outras pequenas companhias aéreas que realizam voos regulares para aquela região de Angola. Se escolher ir de carro tem de saber que a única estrada de ligação entre N’zeto e Soyo não está asfaltada e por isso é desaconselhada na época das chuvas (entre Outubro e Maio). Em qualquer época do ano é aconselhável fazer a viagem por estrada em viaturas todo-o-terreno.

Onde ficar

Mesmo à entrada do Soyo está situado o Kinwica Resort, (www.kinwica.comkinwica@gmail.comkinwica@facebook.com; tel.: +244 926502 044), onde se pode hospedar e descansar confortavelmente num dos bungalows localizados muito perto de um dos canais do rio Zaire.

Onde comer

O Soyo oferece várias alternativas. O restaurante do Kinwica Resort serve pratos da cozinha tradicional angolana e internacional.

Imperdível

O passeio de barco pelos canais do rio Zaire e uma visita à Ponta do Padrão.

Preços médios

O preço dos quartos varia entre os 22 mil e os 30 mil Akz com pequeno-almoço incluído. As refeições no restaurante custam, em média, 3 mil Akz.

Características

  • Esplanada
  • Estacionamento
  • Permitido fumar
  • Rio
  • Tem Piscina
  • Vista bonita
  • Wireless Internet

Cozinhas

  • Angolana

Localização

Comentários (0)

Novo Comentário

0 pessoas marcaram este sítio