Flamingo Lodge Hotéis

Flamingo Lodge, Namibe - Namibe
4.0 | $$$
 20/09/2018

 


30 Junho, 2015

O motorista do Flamingo apanhou-nos no Pululukwa à hora marcada, numa manhã ensolarada típica do Lubango. Natural da província da Huíla, trabalha no Flamingo há mais de 10 anos. Dissemos adeus ao Pululukwa, subimos na carrinha do nosso novo amigo e iniciamos a nossa viagem de mais de 4 horas rumo ao deserto da província vizinha. No caminho, ainda paramos na Tundavala e no Cristo Rei para contemplarmos as vistas únicas deste cidade ao sul de Angola, e na sempre magnífica Serra da Leba foi impossível não parar para contemplar aquela beleza singular.

Chegamos ao centro do Namibe umas 3 horas depois, passamos o aeroporto no limite da cidade e ao chegar ao sinal que nos indicava para a comuna do Virei, saímos da estrada e atacamos o deserto. Durante os próximos 45 minutos estávamos rodeados apenas das areais do deserto e o imenso mar. Em alguns pontos, tivemos de conduzir na praia a escassos metros das ondas bravas. Mas que cenário. Finalmente, lá no horizonte, vimos materializar o nosso destino. Uns minutos depois, estacionamos o carro no que viria a ser a nossa “casa” para os próximos dois dias. Chegamos.

O Lodge

Quando pensamos no Flamingo Lodge, a primeira palavra que nos vem a mente é “sossego”. Já a primeira sensação é a de adormecer ao som das ondas do oceano Atlântico. Localizado numa praia de 70km de cumprimento, o Flamingo é o único sinal de presença humana nesta parcela da costa do Namibe. À nossa volta é só mar e deserto. O Lodge em si é composto por 11 bungalows rústicas, no verdadeiro sentido da palavra, sem qualquer luxo. Porém, as camas são confortáveis, os autoclismos funcionam e o chuveiro tem água quente. Albergam, entre elas, um total de 30 pessoas. Há também um campsite para os que preferem dormir em tendas no deserto. O edifício principal do Flamingo alberga o refeitório e o pequeno bar e a geleira repleta de cervejas N’gola a estalar. É o único lugar no lodge com televisão e internet. O Lodge é detido e gerido por um casal sul-africano que vive lá há vários longos anos.

Em frente ao Lodge tem a imensidade do Atlântico. A praia é segura para natação, surf e pesca, e o estabelecimento tem disponível algumas pranchas e material de pesca. As águas do mar aqui variam entre os 18°-24° C, dependendo da altura do ano. Por perto está situada a foz do Rio Flamingo, que dá nome ao Lodge e que se encontra seco durante a grande maioria do ano.

As noites do Flamingo são mágicas – nunca mais tinhamos visto um céu assim. A lua brilha intensamente e devido a total ausência de luzes artificias, é possível ver a galáxia em si. São tantas as estrelas…O Flamingo é também um grande destino para os amantes de pesca desportiva, e todos os anos atrai os amantes desta practica vindo dos quatro cantos do mundo, principalmente a África do Sul.

Localização

O Flamingo Lodge fica localizado a sul da cidade do Namibe. Caso venha de avião, recomendamos que ligue para o Flamingo (com antecedência) e peça que o venham buscar. O transporte para o Lodge custa $100 por carro, apenas ida. Se estiver no Lubango e quiser ir até ao Lodge, como nós, custará $500 por carro, apenas ida.

Se decidir conduzir, basta seguir as instruções disponibilizadas pelo hotel: Siga a estrada que o leva ao aeroporto e continue sempre em frente em direcção à Tômbua. Sugerimos que abasteça o carro no Namibe. À partir das bombas de combustível da Pumangol conduzirá cerca de 45km até encontrar o sinal para o Flamingo Lodge à beira da estrada. Curve a direita. Quando sair da estrada, recomendamos que diminua a pressão dos seus pneus para 1.5 bar e ligue a tracção. Ira depois acompanhar o rio seco durante cerca de 23km; vai ver muitas estradas de terra batida, e todas elas vão dar à praia. Quando chegar à praia, mantenha-se à esquerda; em breve verá o Flamingo Lodge, onde receberá as boas vindas com um sorriso e uma cerveja fresca.

Os Bungalows 

Cada bungalow pode albergar pelo menos duas pessoas; algumas podem albergar quatro ou mais. Os quartos são bastante básicos, tendo somente a(s) cama(s) e um pequeno quarto de banho com uma pia, lavatório e chuveiro. Há algumas prateleiras no quarto para os nossos pertences. Como dito acima, os bungalows não têm televisão, mas têm sim uma varanda para se apreciar o mar. À noite, é desligado o gerador e os bungalows ficam sem energia.

Higiene e Atendimento

O Flamingo Lodge não é um hotel de luxo de 5 estrelas, mas sim um lodge no meio de uma praia no deserto. Por isso, é normal que tivessemos encontrado um pouco de areia no nosso bungalow. Nesta zona, areia é que não falta. Tanto o bungalow como o quarto de banho como o restaurante apresentavam-se limpos e não temos qualquer razão de queixa. O atendimento também foi exemplar desde o momento em que enviamos um email até ao momento da despedida, e todos os funcionários do Lodge – desde o motorista que nos trouxe de Lubango até ao guia sul-africano que nos levou ao deserto (mais sobre isso adiante) – foi amigável e prestável.

A comida

A cozinha do Flamingo é caseira. Não há menus. Normalmente fazem um prato de carne, um prato de peixe e verduras que depois deixam à disposição dos hóspedes, tipo buffet. Há horas fixas para o pequeno almoço, o almoço e o jantar. Há flocos para o pequeno almoço bem como ovos, salsichas, café e chá. Para o almoço e o jantar, os melhores pratos de longe são os pratos do peixe. O peixe é incrivelmente fresco tendo sido capturado escassas horas antes de ser servido. O jindungo aqui é da base da Serra da Leba e exige cuidado! Para acompanhar há sempre cervejas e possivelmente vinho, dependendo do stock do restaurante. 

Relação Preço-Qualidade

A acomodação no Flamingo Lodge custa $175 por pessoa por noite. Isto inclui as três refeições diárias, todos os refrigerantes, cervejas e garrafas de água. Dependendo da quantidade de dias que permanecer aqui, provavelmente o seu maior gasto será com o transporte para e do Flamingo Lodge. Tem também a opção de fazer um tour pelo deserto, que nós fizemos e recomendamos vivamente. O tour pelo deserto leva-o às dunas, à abandonada Igreja da Nossa Senhora dos Navegantes, ao oásis dos Arcos e à praia dos naufrágios, e o Lodge faz-lhe o almoço para levar (cervejas incluídas). O preço: $500 por carro, sendo que cada carro pode levar um máximo de 4 pessoas.

Feito as contas, achamos que valeu a pena o dinheiro gasto e que a relação preço-qualidade faz sentido. O preço do bungalow é justo; o preço dos transporte no início pareceu-nos elevado, mas quando se tem em conta a parte que o motorista recebe, mais o custo do combustível, mais o custo de manutenção dos carros e a experiência toda em si, faz todo o sentido. Não temos razões de queixas.

A Reter



  • O isolamento deste local é perfeito para um descanso merecido. As ondas do mar são uma constante bem como a imensidade do deserto. É um lugar único.

  • Se pretende desligar-se do mundo, este é um local ideal, já que a net só se apanha no restaurante. E só se quiser.

  • O Tour do Deserto foi seguramente um dos pontos mais altos da viagem.


A Melhorar



  • O Flamingo Lodge não é para todos. É um lugar rústico, super básico, sem muitos dos confortos que muito boa gente está habituada. Fica aqui a alerta. Cá para nós, é exactamente este o charme do lugar, mas percebemos que nem todo mundo partilha desta opinião. Há que ter em conta também que a comida é caseira; isto não é um destino gastronómico.


Porque Voltaríamos

Pelo barulho das ondas ao adormecer. Pela estrelas à noite. Pelo isolamento. Pela beleza deste espaço de Angola. E pelas surpresas do deserto…

O Tour do Deserto

O Tour do Deserto foi sem dúvidas a melhor coisa que fizemos durante a nossa estadia no Flamingo Lodge. Como descrito acima, o tour leva-o às dunas, à igreja abandonada, ao oásis dos Arcos e à praia dos naufrágios, e o Lodge faz-lhe o almoço para levar (cervejas incluídas). O preço: $500 por carro, sendo que cada carro pode levar um máximo de 4 pessoas.

Esta actividade acaba por levar grande parte do dia. Saímos do Lodge por volta das 10h00, depois do pequeno almoço; a primeira parte da nossa viagem levou-nos a conhecer o que o guia disser ser a segunda maior e mais velha Welwitschia Mirabilis no deserto. O deserto está cheio destas plantas singulares. A seguir vamos ao Arcos, um oásis no meio do deserto que quando tem água é absolutamente lindo; quando fomos, o oásis estava sem água há já 4 anos devido à seca que tem assolado a região. Mesmo assim, é algo impressionante. A última parte do tour inclui a igreja, a praia de naufrágios e as dunas do deserto, alcançadas depois de horas a fio a conduzir numa imensidão de areia em todas as direcções e depois, a água de um azul profundo a beijar o deserto durante quilómetros após quilómetros. Regressará ao Lodge a tempo de apanhar o magnífico pôr do sol.

Comodidades:



  • Restaurante

  • Bar

  • Tour do Deserto

  • Tours de Pesca

  • Campismo

  • Mergulho

  • Surfing 


Características

  • Animais selvagens
  • Bom para grupos
  • Esplanada
  • Estacionamento
  • Local a beira-mar
  • Praia
  • Safari
  • Visita guiada
  • Vista bonita

Cozinhas

  • Angolana

Preços

  • Transporte: Aeroporte do Namibe - Lodge | Por carro - 4 pessoas (ida apenas)

    Câmbio 1USD = 289.15 AOA (Setembro, 2018)

    KZ 28.914,00
  • Transporte: Lubango - Lodge | Por carro - 4 pessoas (ida apenas)

    Câmbio 1USD = 289.15 AOA (Setembro, 2018)

    KZ 144.574,00
  • Estadia no Lodge | por noite/ por pessoa | 3 refeições + bebidas incluídas

    Câmbio 1USD = 289.15 AOA (Setembro, 2018)

    KZ 50.601,00
  • Tour do Deserto | Por carro (4 pessoas) | Almoço e bebidas incluídas

    Câmbio 1USD = 289.15 AOA (Setembro, 2018)

    KZ 144.574,00

Localização

Comentários (0)

Novo Comentário

Horários

  • Monday -
  • Tuesday -
  • Wednesday -
  • Thursday -
  • Friday -
  • Saturday -
  • Sunday -
5 pessoas marcaram este sítio