LNL Internacional: Peixe em Lisboa Eventos

Gale Patio, Lisboa - Lisboa
 23/08/2018

Abril 22, 2016

Domingo, por volta das 13 horas. Estávamos nós no Terreiro do Paço, em Lisboa, procurando por algo que se assemelhasse a uma feira ou mercado. Não encontramos rigorosamente nada nestes moldes!

Quase que em desespero, reconfirmamos a informação em nossa posse e seguimos, um tanto quanto céticos, ao Pátio da Galé. Os cartazes certificaram-nos de que estávamos, de facto, no lugar correcto.

Ao chegarmos a bilheteria, após atravessarmos o corredor de entrada, o que encontramos superou todas as expectativas: as mesas no centro do recinto contrastavam com as poltronas que as circundavam. Nas extremidades, estavam as bancadas, que soltavam odores que se misturavam agradavelmente ao som da movimentação das pessoas e da música ambiente, criando a atmosfera perfeita naquela praça “indoor”. Pagamos 15 Euros por pessoa para a entrada, com direito a uma senha de 5 Euros (comida), outra de 1,5 Euros (bebida) e mais um copo (que valia 3 Euros).

Era o último dia do Peixe em Lisboa, um evento organizado pelo Departamento de Turismo de Lisboa, com o apoio da Câmara Municipal e produção da Essência do Vinho. Contou com a participação de vários restaurantes de referência (como Cantinho do Avillez, o Ritz Four Seasons e o Tasca da Esquina), mas a estrela do evento era, como podemos adivinhar, o peixe (e, por associação, o marisco).

Todos os restaurantes participantes ofereceram um menu composto por entradas, pratos principais e petiscos, onde eram usados exclusivamente estes ingredientes. As doses eram para degustação, com preços entre os 5 e os 11 Euros por prato. Alguns destes conseguiram esquivar-se desta imposição incluindo sobremesas em seus menus, ao preço de 4 Euros (com uma excepção, a avelã do Cantinho do Avillez, que custava 5 Euros).

Para matar a sede ou simplesmente acompanhar a refeição, algumas marcas ofereceram alguns dos seus produtos; nomeadamente a Água das Pedras, com bebidas sem álcool; a Schweppes, com o gin tónico; e a Super Bock, com cervejas. Os vinhos eram oferecidos por José Maria da Fonseca, distribuidor de várias marcas, dentre as quais o conhecido Periquita. Os preços destes produtos variavam, havendo até alguns distribuídos gratuitamente (a média era por volta dos 2 Euros por bebida).

Os pagamentos eram feitos por meio de senhas, que poderiam ser adquiridas em dois pontos posicionados estrategicamente no recinto.

Após a nossa viagem culinária, durante a qual desvendamos os sabores de pratos como o polvo com kimchi, a salada de lavagante trufada e a garoupa em leite de côco com coentros; a maior surpresa foi à saída, quando, no interior do edifício do recinto, nos deparamos com uma série de bancadas vendendo artigos de várias naturezas (relaccionados ou não à pesca). Um mercado numa feira gastronómica!

Mais uma experiência memorável que o LNL procura não apenas compartilhar, mas também fazer chegar a quem nos acompanha no nosso percurso. Assim sendo, não hesitem em deixarem-nos os vossos comentários, opiniões e sugestões.

Características

  • Eventos

Cozinhas

  • Japonesa
  • Portuguesa

Localização

Comentários (0)

Novo Comentário

0 pessoas marcaram este sítio