Desperdício Zero: um objectivo ao nosso alcance Guias

Luanda
 06/05/2020

Por Nair Sousa

Sabiam que a nossa paixão vai muito para alem de sentar em restaurantes, comer e escrever sobre a nossa experiência?

Somos apaixonados pela culinária como um todo e é claro que saber de onde tudo vem e como é produzido, fascina-nos.

Já apresentamos receitas, ja falamos com os donos dos restaurantes e empresas do ramo mas a cozinha é um mundo. Hoje gostaríamos de vos trazer um tema super atual e pertinente que à partida pode parecer não muito importante e uma perca de tempo, mas é verdadeiramente consciente, útil e divertido.

Cozinha: dicas desperdício zero, ou quase lá!

Este é um conceito que (felizmente) tem dominado o mundo e invadido as cozinhas tanto caseiras como profissionais. Vamos explicar rapidamente: quando se fala em desperdício zero na cozinha, implica utilizar-se todos os componentes de um ingrediente (talos, folhas, espinhas, ossos) sem deitar fora nada antes de se utilizar.

Vamos lá:



  • Guardem os ossos, cabeças, espinhas, caudas, cascas, talos, folhas, pontas de verduras para fazer os caldos (carne, peixe e legumes respectivamente) – ACREDITEM que o melhor sabor está nestas partes

  • As folhas e talos dos legumes e verduras dão um belo salteado para servir como acompanhamento

  • Aproveitem as cascas das frutas para fazer chás (citrinos), doces (de maracujá, mamão, melancia, laranja e mais)

  • Façam os vossos próprios pickles para quando os produtos estao quase a estragar: couve flor, cenoura, pepino, cebola são bons para isso

  • Aproveitem os cantos/pontas dos alimentos para replantar. Cebola, alho, cebolinho, cenoura, beterraba, alface, batata doce, gengibre, abacate e outros voltam a crescer só de estarem na água

  • As cascas dos ovos triturados são ótimos fertilizantes naturais para as plantas

  • Utilizem o pao duro de alguns dias para fazer pão ralado ou crutons

  • Sabiam que dá para fazer vinagre de maçã caseiro com as cascas da maçã, em vez de comprar bem caro no supermercado?

  • Façam cubinhos de gelo com as sobras de café para adicionar a qualquer outra bebida

  • O arroz: As sobras de arroz do dia anterioir podem virar um bolinho, lasanha de arroz, arroz de forno ou risoto;

  • compostagem é uma das melhores formas de reaproveitar os alimentos. Ao guardarem todos os resíduos de alimentos (com um técnica específica para estimular a decomposição) criam adubos naturais com substâncias húmicas e nutrientes minerais para a terra


Vamos continuar a partilhar dicas destas nos próximos tempos. E recomendamos várias páginas com este tipo de conteúdo:

yungo.ao
LuandaVeg
Le Chalet
A Biológica

Características

  • Cozinha saudável
  • Preferido do LNL
  • Vegano
  • Vegetariano

Cozinhas

Localização

Comentários (0)

Novo Comentário

Contactos

0 pessoas marcaram este sítio